Série Gramíneas Tropicais - Gênero Cloris (Clores gayana - Rhodes Capim)

HERBERT VILELA
Engenheiro Agrônomo e Doutor

1 - INTRODUÇÃO

O Cloris gayana Kunth, conhecido como capim de Rhodes, é originário da Tanzânia. Adapta-se melhor em solos arenosos e com certo grau de fertilidade; não tolera solos pesados, úmidos e mal drenados. Cresce rapidamente, formando uma cobertura densa no solo, com touceiras que emitem estolões. Por essa peculiaridade, o Rhodes dificulta o crescimento de pragas.

Adequada para a produção de feno e muito usada para pastejo de eqüinos, devido ao seu baixo teor de água.

Planta perene, com caule e folhas finas, podendo alcançar 1,5 m de altura. Há variedades para pastejo - crescimento prostado e para cortes (feno) – crescimento ereto. Cresce em áreas com 600 a 1,200 mm de chuva e com período de 4-6 meses de seca. Tem preferência por solos férteis. Resistente a pragas e tolerante ao pisoteio, quando bem fertilizada, mas desaparece em poucos anos se não for bem manejada. Palatável quando nova, e é satisfatória para a fenação e não é adequada para silagem.

Sinonímia: Rhodes grass (Austrália, United States, África), pasto Rhodes (Peru).

2 – CARACTERÍZAÇÕES BÁSICAS

  • Nome científico: Cloris gayana Kunth
  • Origem: África
  • Ciclo vegetativo: perene
  • Altura da planta: crescimento livre até 1,50 m
  • Forma de crescimento: ereta, cespitosa e estolonífera
  • Formas de uso: pastejo e produção de feno
  • Digestibilidade: satisfatória
  • Palatabilidade: satisfatória
  • Precipitação pluviométrica requerida: 600-750 mm/ano
  • Tolerância à seca: alta
  • Tolerância ao frio: alta
  • Iluminamento: não tolera a sombra
  • Número de cromossomos: 2n = 20, 30, 40
  • Produção da matéria seca: 8 a 12 t MS/ha/ano
  • Teor de proteína na matéria seca: 12% no verão e 6% no inverno
  • Tolerância a insetos: tolerante à cigarrinha
  • Tolerância à salinidade: satisfatória
  • Consorciação: Desmodium, Soja perene, Centrosema etc

FIGURA 1 – Plantas de capim Rhodes com inflorescência

3 – RECOMENDAÇÕES AGRONNÔMICAS

  • Tipo de solo para plantio: acima de média fertilidade
  • Forma de plantio: sementes
  • Modo de plantio: a lanço
  • Tolerância à seca: alta
  • Tolerância ao frio: média
  • Temperatura ótima: 30/26°C a 40/29°C dia/noite
  • Tolerância a solos mal drenados: baixa
  • Sementes necessárias: 18 a 20 kg/ha
  • Sementes por kg: 7.250 a 9.500/g
  • Profundidade de plantio: 2,0 cm
  • Tempo para a utilização: 60 a 90 dias após a germinação
  • Consorciação: todas as leguminosas
  • Altitude: 600 – 2.000 m
  • Latitude: 18 -33,4° N e S
  • Adubação: de acordo com as recomendações técnicas determinadas pela análise de solo
  • Dormência das sementes: inexistente
  • Pureza: mínima 60%
  • Germinação: mínima 50%

4 – COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DO CAPIM RHODES

Estádio de crescimentoe/ou forma Composição bromatológica  %
MS PB FB MM EE EENN
Forragem antes primeiro corte, antes da floração 28,2 8,9 37,9 6,0 1,0 46,2
Forragem  antes segundo corte, antes da floração 20,0 9,5 32,5 11,8 1,7 44,5
Forragem no principio da floração 25,0 7,1 38,7 10,2 1,0 43,0
Forragem após florescimento 28,8 8,0 37,2 13,1 2,0 39,7
Feno de forragem com seis semanas  (0,55 m) 84,1 9,9 33,4 8,9 2,7, 45,1
Feno de forragem com oito semanas (0,60 m) 91,5 9,0 35,6 8,3 2,5 44,6
Feno de forragem com dez semanas (0,95 m) 88,1 6,8 36,5 8,6 2,4 45,7
Feno de forragem com doze semanas (1,0 m) 90,1 4,1 38,2 6,7 1,8 49,2
Silagem 23,6 4,5 37,2 13,4 2,2 42,7

5 – LITERATURA CONSULTADA

BOGDAN, A. V. Tropical posture and fodder plants – Grasses and legumes. London and New York, 475 p., 1977.

FAO – 2004a http: /www.fao.org/ag/AGP/AGPC/doc/Gbase/Latin.htm.

FAO – 2004b http: /www.fao.org/ag/AGA/AGAP/FRG/afris/es/Data/31.htm.

VALADARES FILHO,.S.C. 2000. Nutrição, avaliação e tabelas de alimentos para bovinos. XXXVII Reunião Anual da SBZ,37, Viçosa, 2000, Anais... Viçosa:2000. 250p.

 
     
 
   
  Copyright 2009 © Portal Agronomia
Desenvolvido por Digital Pixel