SÉRIE GRAMÍNEAS TROPICAIS - GÊNERO PANICUM (Panicum maximum Jacq – Atlas Capim)

HERBERT VILELA
Engenheiro Agrônomo e Doutor

1 - INTRODUÇÃO

A principal característica desta forrageira é seu grande potencial de perfilhamento e a boa resistência ao pisoteio animal e a média tolerância à saturação de alumínio no solo. Esta característica confere a cultivar alta capacidade de exploração do seu sistema radicular, boa resistência à seca e rápida rebrota. Necessita de solos de média a alta fertilidade, corrigidos e adubados. Recomenda-se esta forrageira para animais em acabamento, bezerros e eqüídeos. Não tolera o fogo, frio e solos mal drenados.

O cultivar Atlas é uma gramínea híbrida apomítica obtida através do cruzamento LST1 x K-68 (Introdução da Costa do Marfim), de ciclo perene, com plantas de 1,5 a 2,0 m de altura, com excelente perfilhamento e boa produção de forragem, que apresenta boa qualidade nutricional. Suas folhas possuem baixa pilosidade e não contêm serosidade.

2 - CARACTERÍSTICAS BÁSICAS

  • Nome Científico: Panicum maximum Jacq. vr.Atlas.
  • Genealogia: híbrido F1 apomítico do cruzamento LST1 x K-68.
  • Origem: material africano, cruzado e selecionado pela Matsuda GENÉTICA.
  • Ciclo vegetativo: perene.
  • Forma de crescimento: cespitoso.
  • Altura da planta: crescimento livre até 2,50 m.
  • Formas de uso: pastejo e fenação.
  • Digestibilidade: satisfatória.
  • Palatabilidade: satisfatória.
  • Fotoperíodo: planta de dia curto.
  • Tolerância a insetos: sensível à cigarrinha.
  • Teor de proteína na matéria seca: 12% durante o verão e 6% no inverno.
  • Produção de matéria seca: 20 a 22 t/ha/ano.
  • Tipo de inflorescência: Panicum.

3 - RECOMENDAÇÕES AGRONÔMICAS

  • Fertilidade do solo: nível alto de fertilidade.
  • Forma de plantio: semente.
  • Modo de plantio: a lanço.
  • Profundidade de plantio: 2 cm.
  • Sementes necessárias: 10 kg/há.
  • Tolerância à seca: satisfatória.
  • Tolerância a solos mal drenados: baixa.
  • Tolerância ao frio: satisfatória.
  • Tempo para utilização: 90 dias após plantio.
  • Consorciação: Leucena, Guandu, Calopogonio.
  • Altitude: nível do mar até 2.500 m.
  • Precipitação: 780 a 1787 mm/ano.
  • Temperatura: máxima de 19,1 a 22,9°C e mínima de 5,4 a 14,2°C.
  • Latitude: 16,3 a 28,7° N e S.
  • Adubação: de acordo com as recomendações técnicas determinadas pela análise de solo.
  • Dormência da semente: inexistente.
  • Pureza: mínima 65%.
  • Germinação: mínimo 50%.

4 - COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA E DIGESTIBILIDADE DA MS

A - Composição bromatológica do capim Colonião Atlas.

Idade da planta e/ou forma da forragem Composição  bromatológica  %
MS PB FB MM EE
Forragem fresca – 0,40 m de altura 27,3 9,8 31,2 10,5 1,8
Forragem fresca – 0,80 m de altura  28,2 8,5 33,3 11,9 1,9
Forragem fresca - início da floração  31,2 7,5 40,3 9,5 1,1
Feno de forragem com seis semanas 86,3 7,7 38,3 11,2 1,5
Feno de forragem com oito semanas 88,3 6,8 41,2 9,8 1,4

B - Coeficientes de digestibilidade e energia metabolizável da MS do capim Colonião Atlas

Forma da forragem Digestibilidade (%) eenergia metabolizável (EM)
PB FB EE EM
Forragem fresca, com 0,40 m 62,2 70,2 30,1 2,00
Forragem fresca, com 0,80 m 60,2 71,5 31,3 1,80
Feno de forragem com seis semanas 60,3 62,3 31,3 1,70
Silagem 50,2 80,0 39,2 1,80

5 - LITERATURA CONSULTADA

BOGDAN, A. V. Tropical posture and fodder plants – Grasses and legumes. London and New York, 475 p., 1977.

FAO – 2004a http://www.fao.org/ag/AGP/AGPC/doc/Gbase/Latin.htm.

FAO – 2004b http://www.fao.org/ag/AGA/AGAP/FRG/afris/es/Data/31.htm.

ALADARES FILHO, S.C. 2000. Nutrição, avaliação e tabelas de alimentos para bovinos.

XXXVII Reunião Anual da SBZ, 37, Viçosa, 2000, Anais... Viçosa: 2000. 250p.

 
     
 
   
  Copyright 2009 © Portal Agronomia
Desenvolvido por Digital Pixel