Série Leguminosas Tropicais - Gênero Canavalia (Canavalia ensiformes – Feijão de Porco)

HERBERT VILELA
Engenheiro Agrônomo e Doutor

1 – INTRODUÇÃO

A Canavalia ensiformes (L) é uma leguminosa anual, herbácea, originária da América tropical, rústica, rasteira e apresenta um crescimento lento. É resistente às altas temperaturas e à seca. Não tem boa palatabilidade, sendo, portanto pouco usada como pastagem. Além do que, a canavalia produz grandes vagens, que, se consumidas em quantidade, podem ser tóxica aos animais. Sua semente cozida é consumida pelo homem.

Nomes comuns: jack bean (Sul da África e Zimbabwe), sword bean (Austrália), one-eye bean (Oeste da Índia), feijão de porco (Brasil), horse gram, chickasaro lima bean, overlock (EUA).

2 – CARACTERIZAÇÕES BÁSICAS

  • Nome científico: Canavalia ensiformes (L)
  • Origem: América tropical
  • Altura da planta: crescimento livre até 0,80 m
  • Ciclo vegetativo: anual
  • Forma de crescimento: rasteiro, trepador
  • Palatabilidade: baixa
  • Formas de uso: adubo verde
  • Proteína no grão: 36,3% PB na MS
  • Proteína na forragem: 11,2% PB na MS, na silagem 10,6%
  • Produção da matéria seca: 7-9 t MS/ha/ano
  • Tolerância a insetos e doenças: tolerante

Plantas de Feijão de Porco

3 – RECOMENDAÇÕES AGRONÔMICAS

  • Fertilidade do solo: acima de baixa fertilidade
  • Forma de plantio: semente
  • Modo de plantio: em linha ou a lanço
  • Sementes necessárias: 100 kg/ha
  • Dormência da semente: inexistente
  • Espaçamento: 0,20 x 0,50m
  • Profundidade de plantio: 3 a 5cm
  • Tempo para a utilização: 60 a 90 dias (adubo verde)
  • Tolerância à seca: alta
  • Tolerância ao frio: baixa
  • Toxidez: as sementes contêm o aminoácido canavanina que é convertido em uréia nível tóxico: 28 g de semente/0,73 kg de peso vivo (bovinos)
  • Fertilização: de acordo com as recomendações técnicas determinadas pela análise de solo
  • Pureza: mínima 95%
  • Germinação: mínima 70%

4 – COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DO FEIJÃO DE PORCO

Forma da forragem Composição bromatológica %
MS PB FB MM EE FDN Ca P
 Forragem verde 23,2 22,5 274 11,6 11,0 36,4 -- --
 Semente 86,7 36,3 9,9 2,9 2,5 48,4 0,19 0,27

Conteúdo em aminoácidos da PB da semente do Feijão de Porco

Conteúdo em aminoácidos da PB da semente do Feijão de Porco
Arg Cis Gli His Leu Met Phe The Tri Tir Val
8,0 0,6 4,5 3,5 10,2 - 5,3 4,2 0,8 3,0 4,4

5 – LITERATURA CONSULTADA

BOGDAN, A. V. Tropical pasture and fodder plants – Grasses and legumes. London and New York, 475 p., 1977.

FAO – 2004a http://www.fao.org/ag/AGP/AGPC/doc/Gbase/Latin.htm

FAO – 2004b http://www.fao.org/ag/AGA/AGAP/FRG/afris/es/Data/31.HTM

VALADARES FILHO, SEBASTIÃO DE CAMPOS. Nutrição, Avaliação de Alimentos e Tabelas de Composição de Alimentos para Bovinos. XXXVII Reunião Anual da SBZ, 37, Viçosa, 2000, Anais... Viçosa: 2000. P.

VILELA, H. Formação e adubação de Pastagens. CPT. Viçosa. 98p. 1998.

ILELA, H. Forragicultura. Departamento de Zootecnia da Escola de Veterinária da UFMG. 68p. 1977.

 
     
 
   
  Copyright 2009 © Portal Agronomia
Desenvolvido por Digital Pixel