PASTEJO ROTACIONADO

Tabela 1 - Período de descanso para algumas gramíneas forrageiras utilizadas sob pastejo rotativo

Gramíneas Período de descanso (dias)
Capim elefante 45 (35-45)
Panicum e seus cultivares 35 (30-35)
Andropogon 30 (25-30)
Brachiaria brizantha 35 (30-35)
Brachiaria decumbens 30 (25-30)
Coast-cross - cynodon 25 (20-28)

Tabela 2 - Altura de manejo (cm) de algumas gramíneas forrageiras

Espécie ou variedades Altura (cm) das forrageiras quando os animais
Entrada na pastagem Saída na pastagem
Capim elefante 160 - 180 35 - 40
Tobiatã 160 - 180 50 - 80
Colonião, Tanzânia 100 - 120 30 - 40
Mombaça 120 - 130 40 - 60
Andropogon 50 - 60 20 - 30
Brachiaria brizantha 40 - 45 20 - 25
Pangola, Cynodon, B. decumbens 25 - 30 10 - 15
Brachiaria humidicola 15 - 20 5 - 8
Modificado de RODRIGUES (1986)

Tabela 3 - Ganho de peso vivo de bovinos, Canchim e NelxCan, em pastagens, nas águas

Gramíneas Categoria kg pv/ animal/dia
Tanzânia novilhas 0,680
bezerros 0,600
garrotes 0,820
Coast-cross novilhas 0,713
novilhas 0,600
Mombaça novilhas 0,590
Marandu garrotes 0,680

Tabela 4 - Lotação e ganho de peso vivo de bovinos, Canchim e NelxCan, em pastagens, nas águas

Gramíneas No animais Categoria No dias Adubação (kg N/ha) Ganho peso Lotação média
Tanzânia/96 65 novilhas 150 200 803 5,8
Tanzânia/97 - bezerros 150 300 909 6,4
Coast-cross/96 121 garrotes 144 300 900 6,6
Coast-cross/97 134 novilhas 132 300 780 7,6
Mombaça/97 75 novilhas 111 200 491 5,3
Marandu/97 62 novilhas 126 200 437 4,0
 
     
 
   
  Copyright 2009 © Portal Agronomia
Desenvolvido por Digital Pixel